Arenópolis comemora a chegada de 2020 com festa

Embalados com os sucessos da Banda Santorine, o público festejou até amanhecer.

Centenas de moradores de Arenópolis e cidades vizinhas compareceram à festa preparada pela Prefeitura, último dia do ano para receber 2020. O palco das comemorações foi o Salão de Eventos Everaldo Barbosa, no Centro da cidade.
Esperança, paz, desejo por união e prosperidade foram reafirmados pelos presentes durante a chegada do Ano Novo. O que não faltou foi alegria e comemoração.
Para embalar a noite e alegrar o primeiro dia do novo ano, a Banda Santorine comandou o palco e cantou com o público variados ritmos musicais até amanhecer.
Durante o show da Banda Santorine o prefeito Ovarci Vilela e o vereador Omar José não perderam tempo e logo mostraram o talento de cantores. Com os músicos eles apresentaram um repertório de mais de três músicas e foram aplaudidos pelo público.
Durante o discurso Ovarci comemorou por festejar mais um novo ano ao lado dos arenopolinos. “Mais um ano concluído e um novo ciclo vai ser iniciado. Muitas coisas boas aconteceram em 2019 e em 2020 muito mais nos espera. O meu desejo é de muita paz, prosperidade, saúde e conquistas”, destacou.
A primeira-dama Elaine Freitas também comemorou a chegada do novo ano. “ São muitos agradecimentos, mas um dos principais vai para nossa equipe de servidores que enfrentam todas as dificuldades ao nosso lado durante todo o ano. Um abraço a cada um de vocês, pois sem vocês não seria possível desempenhar um serviço de excelência em nossa cidade. Desejo um 2020 cheio de conquistas para todos, pois este ano será de vitórias para nosso município”, afirmou.
Os parlamentares Gutemberg Eugênio, Divino Moraes popularmente conhecido como Vininho, Jader Alves, Omar José, Devailton Gonçalves e João Francisco, que também participaram da festividade, deixaram sua mensagem de otimismo ao público. “Quero desejar a todos um ano cheio de alegrias, paz, amor, realizações e união. Que o ano que se inicia traga muitas conquistas a cada um”, exclamou o presidente da Câmara, Gutemberg.